Três homens morrem após acidente entre três caminhões na BR-364, em Jaru, RO

Motorista e primo seguiam em caminhão bitrem, quando colidiram na lateral de veículo, e bateram de frente contra caminhão baú carregado de laticínios.

Três pessoas morreram após um acidente de trânsito entre três caminhões, na noite da última segunda-feira (29), no km 441,7 da BR-364, em Jaru (RO), distante aproximadamente 290 quilômetros de Porto Velho.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista de um caminhão bitrem, de 38 anos, o primo dele, de 31 anos, e o condutor de um caminhão baú de uma indústria de laticínios, de 31 anos, morreram no local. O condutor do terceiro caminhão envolvido não sofreu ferimentos.

Conforme a PRF, o motorista sobrevivente relatou que seguia pela rodovia sentido a Ariquemes (RO), quando por volta das 22h50, o caminhão bitrem surgiu na direção dele. Para evitar a colisão frontal, o condutor desviou para o acostamento, mas, ainda assim, o caminhão colidiu lateralmente contra uma das rodas do eixo traseiro.

Em seguida, o veículo desgovernado colidiu de frente contra o caminhão baú, que seguia logo atrás, na direção contrária. Para a PRF, a suspeita é de que o motorista do caminhão bitrem tenha sofrido um mal súbito na condução do veículo.

Com a colisão, as cabines dos dois caminhões ficaram destruídas e as vítimas ficaram presas nas ferragens. Uma vasta carga de iogurtes e queijos ficou espalhada pela pista após o acidente.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer as vítimas, mas ao chegarem no local, se constatou que os três homens estavam sem vida.

O trânsito no local ficou interditado no local por mais de quatro horas. A PRF controlou o trânsito na localidade até os trabalhos da perícia técnica serem encerrados. Os corpos foram retirados dos veículos por volta das 3h, desta terça-feira (30). Os corpos das vítimas foram liberados às funerárias.

Ainda segundo a PRF, o fluxo de veículos no local do acidente seguia em meia pista até a manhã desta terça (30).

Fotos: Rondoniatual

Comentários no Facebook