Em Jaru; Polícia Civil conclui investigação de furto, o autor já estava preso por outro crime

A Policia Militar foi acionada no ultimo dia 06 de novembro para comparecer a um escritório de advocacia localizado na Rua Raimundo Cantanhede no setor 02 onde havia ocorrido um furto ao estabelecimento.

De acordo com informações do boletim de ocorrência a vítima tinha chegado pela manhã para trabalhar e se deparou com a porta dos fundos aberta, ao adentrar se deu conta da falta de um notebook da marca Dell além de uma caixa de som, frascos de perfumes e 4g de ouro.

No mesmo dia porém a tarde, a policia militar durante patrulhamento de rotina pelas ruas da cidade reconheceu um foragido da justiça onde havia um mandado de prisão em aberto contra o mesmo, que por sua vez foi cumprido e o criminoso conduzido a casa de detenção local.

Até o momento não havia nenhuma ligação entre os dois ocorridos, mas a Policia Civil investigando o caso do furto ao escritório teve acesso a imagens de câmeras de segurança onde foi possível identificar que o autor do furto seria o mesmo apreendido com mandado de prisão e que este já cumpria pena.

Policiais da SEVIC se dirigiram até a casa de detenção local e ao ouvir o acusado o mesmo confessou a autoria do furto e disse que vendeu os objetos subtraídos por cerca de R$150,00 em um terminal rodoviário mas que não se lembra para quem vendeu.

Agora ele responde pelo crime  no qual era foragido e também pelo crime de furto e segue em carcere na casa de detenção local de Jaru.

Por Redação J1 Noticia

 

Comentários no Facebook