PM de Machadinho prende integrante do comando vermelho acusado de dois homicídios

Na manhã deste domingo,  01, a guarnição de rádio patrulha da PM  sob o comando do Sargento PM Ricardo e o auxílio dos soldados PM Alves e PM Vieira prendeu por força de um mandado de prisão preventiva, o acusado Edivan Fialho da Silva, 32 anos.

O fato ocorreu quando a guarnição em patrulhamento pelo bairro Bom Futuro, na rua Sábia se deparou com Edivan em atitude suspeita. Os militares realizaram a abordagem e o homem que não portava documentos de identificação se apresentou sendo Alon Garcia de Souza, porém divergiu em alguns informações a respeito de sua qualificação, o que levou a polícia a efetuar uma pesquisa minuciosa e chegar a sua verdadeira identidade.

Após consultar o Banco Nacional de Monitoramento de Prisão,  os militares descobriram que para Edivan existia um mandado de prisão preventiva, pelo ART. 121 do Código Penal, expedido pela vara criminal da comarca de Ouro Preto do Oeste-RO, em aberto. Ele recebeu voz de prisão e foi levado para o presídio de Machadinho.

Entenda o caso:

Edivan é acusado de pertencer a facção criminosa denominada comando vermelho, e no dia 01 de Junho de 2019, ter assaninado com vários tiros a Sra. Ligiane Rodigues da Silva, 34 anos, no munícipio de Ouro Preto do Oeste-RO. No dia 25 do mesmo mês também a tiros ter matado o pedreiro Gilson Almeida, em Ji-Paraná-RO.

De acordo com as investigações da polícia, as vítimas seriam integrantes da facção criminosa PCC e no dia 29 de maio de 2019 teriam assassinado a mulher de Edivan, a Sra. Maria de Fátima Oliveira que também pertencia ao comando vermelho, ele agiu motivado por vingança.

Fonte: Machadinho Online

 

Comentários no Facebook