PRF prende casal com mais de 10 quilos de drogas em fundo de veículo

PRF prende dois com mais de 10 quilos de cocaína.

PRF prende dois com mais de 10 quilos de cocaína. Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), lotados no município de Vilhena, realizaram dois flagrantes, comprovando a efetividade desse tipo de operação na região de fronteira.

PRF prende dois com mais de 10 quilos de cocaína

Em fiscalização de veículos pesados, policiais verificaram, por meio de análise do disco de cronotacógrafo, que o motorista de um caminhão dirigia por cerca de 48 horas, deixando assim de cumprir o descanso previsto em lei.

Quando questionado, o condutor do veículo de carga disse que havia consumido “nobésio”, popularmente conhecido como “rebite”. Essa substância, de comércio proibido por ser considerada droga, é utilizada para manter pessoas acordadas por longo período de tempo.

Em revista à cabine do caminhão foram encontradas cartelas do medicamento, consolidando assim o crime de porte de droga para consumo próprio.

Já na ocorrência de maior relevância, o motorista e uma passageira, viajando em um automóvel utilitário (GM Montana) foram abordados em atividade de fiscalização de trânsito.

Os agentes desconfiaram do nervosismo dos ocupantes do carro, sem qualquer motivo aparente e, em busca detalhada, encontraram, acondicionadas em um fundo falso no compartimento de carga, 10.540 gramas de cocaína.

Aos policiais, o infrator da lei assumiu ter pegado a droga em Brasiléia/AC tendo como destino final a cidade de Goiânia/GO, localidade na qual seria remunerado.

Diante dos fatos, o condutor do veículo e a passageira que o acompanhava foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal por crime de tráfico de drogas.

PRF prende dois com mais de 10 quilos de cocaína. Você pode acompanhar mais noticias em nossa página no facebook, acesse clique aqui.  E agora também pode receber noticias pelo Instagram clique aqui

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.

Comentários no Facebook