Veja quem são as mulheres mortas em acidente próximo a Vilhena

Duas das vítimas são de Jaru e a outra é de Porto Velho

Através do dono de uma empresa de turismo no Mato Grosso, onde um acidente, na madrugada desta quinta-feira, 04, deixou três mulheres mortas, o FOLHA DO SUL ON LINE acaba de identificar as vítimas. Nenhuma delas é de Vilhena, conforme algumas pessoas e profissionais chegaram a cogitar. Lembre aqui.

As mulheres, que morreram na hora, após o ônibus em que viajavam atingir uma carreta carregada de soja próximo à cidade de Comodoro (MT), são: Maria Aparecida dos Reis, 63 anos; Thaís da Costa Souza, 19; e Eliane Rambo Almeida, 43. A primeira é de Porto Velho e as outras duas, de Jaru cidade da região central de Rondônia. Os corpos seguirão para as respectivas cidades das vítimas.

Conforme o empresário entrevistado pelo site, o ônibus da Trans Brasil, que sai todos os dias às 12:30h de Porto Velho com destino a Goiânia (GO), estava com 25 passageiros a bordo. Dos sobreviventes, quatro foram encaminhados com fraturas para o Hospital Regional de Cáceres (MT) e o restante recebeu atendimento em Comodoro, estando todos já fora de risco. A seguradora acionada pela firma de transportes está pagando todos os traslados e despesas médicas.

 A CAUSA
O empresário disse que a tragédia teria sido provocada pelo caminhão que deu pane e parou no meio da pista. O motorista, de Espigão do Oeste, que puxava soja de uma fazenda próxima, estaria cansado e resolveu dormir dentro do veículo, sem o cuidado de sinalizar a estrada.

O ônibus com os passageiros, sob intenso nevoeiro na madrugada, não conseguiu evitar a colisão.

Fonte: Folha do Sul

Comentários no Facebook